Eduardo Braide visita a Câmara e recebe manifestação calorosa dos vereadores

O deputado estadual e eleito agora como campeão de votos em São Luís
para a Câmara Federal, Eduardo Braide (PMN) foi à Câmara Municipal,
nesta quarta-feira, (17), fazer uma visita para agradecer o importante
apoio de vereadores. A presença do parlamentar no plenário do
Legislativo Municipal foi altamente receptiva pela manifestação de todos
os vereadores presentes, que exaltaram a sua liderança em nossa capital
com uma expressiva votação e o seu crescimento inevitável que o
credencia a disputar as próximas eleições para a Prefeitura de São Luís.
Para a maioria dos jornalistas presentes, servidores do Legislativo e
pessoas que estavam na galeria, a manifestação calorosa com que Eduardo
Braide foi recebido na Câmara Municipal, mereceu destaque de uma
convenção partidária, quando o candidato vitorioso chega para a
homologação do seu nome. Foi um autêntico festival de abraços e
fotografias e os vereadores muito a vontade com expressões muito
carinhosas, que se identificavam perfeitamente com a simplicidade e o
carisma do deputado campeão de votos em São Luís.
A sessão que estava sendo presidida pelo vereador Francisco Carvalho
(PSL) foi suspensa  por dez minutos para os vereadores recepcionarem o
visitante deputado Eduardo Braide. Em seguida Francisco Carvalho
convidou o visitante para participar da sessão, que tomou um novo rumo.
A pauta foi adiada para a próxima sessão, e em seguida os vereadores
presentes se manifestaram diretamente ao deputado federal eleito.
O deputado federal Eduardo Braide, mesmo sem ter tomado posse, recebeu
importantes apelos, não apenas para lutar em defesa dos interesses da
população de São Luís, mas o direcionamento de emendas parlamentares
para atender reivindicações de comunidades de São Luís, que infelizmente
não são levadas a sério pela Prefeitura de São Luís.
Em alguns momentos, muitos vereadores extrapolaram em queixas e
reivindicações e Eduardo Braide, com os seus princípios e valores
éticos, conseguiu conter a euforia e com a simplicidade que lhes
inerente, garantiu a todos muito trabalho e sintonia com as comunidades
da nossa capital e do interior e os políticos que pretendem cuidar da
nossa capital. (AD)

O post Eduardo Braide visita a Câmara e recebe manifestação calorosa dos vereadores apareceu primeiro em O Quarto Poder.

Powered by WPeMatico

Faça um comentário

Após indicação de Vinícius Louro, reitor estuda implantação do curso de Direito em 3 cidades maranhenses

Recentemente, o deputado estadual Vinícius Louro (PR) fez uma Indicação em que solicitava a implantação do curso de Direito nas cidades de Pedreiras, Pinheiro e Timon.

Em resposta, o reitor da Uema, Prof. Dr. Gustavo Pereira da Costa, delegou a composição de uma Comissão para realizar estudos sobre a viabilidade da implantação do curso nos campi dos respectivos municípios. O reitor deu um prazo de 90 dias para que a Comissão apresente relatório com os resultados dos estudos.

 “A implantação do curso de Direito nos municípios polos é uma grande oportunidade para aqueles que sonham em frequentar uma universidade perto de casa e ampliar suas chances de vagas onde a concorrência é muito grande. Quem ganha são os estudantes maranhenses e a educação, mola mestra para o processo de igualdade social e econômica”, disse o deputado, em entrevista ao programa Assembleia em Foco, da Rádio Assembleia.

O post Após indicação de Vinícius Louro, reitor estuda implantação do curso de Direito em 3 cidades maranhenses apareceu primeiro em O Quarto Poder.

Powered by WPeMatico

Faça um comentário

Júnior Verde anuncia preparativos para realização de seminário sobre desenvolvimento portuário

O deputado Júnior Verde (PRB) falou, na sessão desta quarta-feira (17), sobre os preparativos para a realização de um seminário que pretende fazer, na Assembleia Legislativa, nos próximos dias, para tratar sobre o desenvolvimento portuário do Maranhão. O parlamentar afirmou que o tema é importante por conta de o estado possuir um dos maiores portos do país, o Itaqui, por onde saem e chegam dezenas de tipos de produtos, movimentando riqueza e gerando empregos.

Segundo Júnior Verde, aconteceu, na tarde de terça-feira (16), uma reunião importante, na Sala das Comissões, para definir estratégias para a realização do seminário focado no desenvolvimento portuário do estado.

“É um porto brasileiro importante que, estrategicamente, sabemos que dá acesso a um portal daqui para o mundo, e, por isso, precisa se desenvolver. É claro que a conjuntura das discussões que tivemos na tarde de ontem foi nesse propósito. Já fizemos, antes, um seminário, inclusive com apoio do Professor Oyama, que estava presente nessa sessão. O professor nos ajudou a formalizar essa iniciativa, que é poder realmente discutir um tema importante para a logística do desenvolvimento deste país”, contou.

No encontro da Sala das Comissões, o deputado disse que participaram representantes da Petrobras, do Banco do Nordeste e, também, de empresas que lidam com o setor portuário, discutindo a necessidade de, mais uma vez, fazer uma reedição ou um fórum para discutir a questão portuária do Estado.

“Eu faço referência à questão portuária, hoje, porque devemos desenvolver a economia no Maranhão. Como é que nós conseguimos desenvolver a economia do estado? Ora, primeiro precisamos dar atrativos para que as empresas se instalem no Maranhão. Nós temos reunido todas as condicionantes para que realmente as empresas se instalem em nosso estado. Precisamos buscar, claro, fazer com que as empresas percebam que nós temos a logística necessária. Temos um porto, temos nossas BR’s, temos nossas ferrovias, tudo que é condicionante como elo de um processo para o desenvolvimento econômico e que permita fazer com que elas possam aqui se instalar”, analisou.

INFRAESTRUTURA

De acordo com o parlamentar, é preciso, também, conceder incentivos fiscais para que as empresas se instalem e gerem empregos, que só virão se houver investimentos na infraestrutura. “Precisamos ampliar a nossa capacidade de recebimento de navios. Quando a gente está na Litorânea, na praia, na orla marítima aqui de São Luís, vemos os navios ali, aguardando para poder atracar, carregar ou descarregar. Aí você percebe, ali, uma fila. Aquela fila não é uma fila que seria a princípio normal, porque o que se quer é que se tenha mais praticidade, facilidade. Cada navio parado significa dizer que há uma perda no que se refere a custo/benefício, porque há um custo pela estada do navio, ali, naquele momento. Então é preciso dar celeridade, ampliar a capacidade portuária do Maranhão”, afirmou.

“O Tegram (Terminal de Grãos do Maranhão) já é a uma referência deste avanço, e já temos aí um escoamento de grãos e os navios são carregados com grãos e são exportados. Mas, precisamos continuar essa ampliação, perceber que é possível atrair investimentos, indústrias, que possam estar beneficiando os produtos aqui mesmo e, claro, tendo o condicionante de poder fazer o escoamento da produção e o porto ser esse portal de acesso. Precisamos melhorar e, ontem, nós já conseguimos discutir com o corpo técnico os primeiros momentos de um fórum, para discutir, realmente, essa necessidade de ampliação do Porto do Itaqui”, finalizou.

O post Júnior Verde anuncia preparativos para realização de seminário sobre desenvolvimento portuário apareceu primeiro em O Quarto Poder.

Powered by WPeMatico

Faça um comentário

Bolsonaro e Haddad assinam termo de compromisso à Constituição

Os candidatos à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), assinaram hoje (17), um Termo de Compromisso de Respeito à Constituição da República Federativa do Brasil proposta pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI). O presidente da entidade, Domingos Meirelles, disse que a intenção é restabelecer “o fulcro natural” da campanha, para que os dois voltem a discutir propostas de governo e questões pragmáticas no lugar de trocarem insultos.

“Diante desse caos, um dos motivos que nos levou a pedir que eles assinassem [o Termo de Compromisso] era baixar a temperatura e que voltassem a discutir programa de governo e não ficar um acusando o outro. Isso foi uma conversa preliminar e eles concordaram. É uma intenção de baixar a poeira e decantar um pouco o tom de intolerância da campanha”, disse Meirelles, em entrevista.

No texto do documento, que tem a concordância dos dois candidatos, a ABI cita o fato da Carta Magna ter 30 anos e que notícias veiculadas pela imprensa indicavam uma eventual vontade dos candidatos em promover uma Constituinte para modificar os principais postulados da Constituição. A ABI destacou que é importante que a sociedade brasileira tenha tranquilidade e confiança de que o Texto Constitucional em vigor não sofrerá deformações que comprometam sua verdadeira natureza.

A entidade destacou também “a enxurrada de notícias que circulam pelas mais diversas redes sociais, na maioria das vezes de conteúdo fraudulento, enfatizando o desejo dos candidatos em transfigurar nossa Lei Maior”.

Diálogo

De acordo com o presidente da entidade, o compromisso assinado com Bolsonaro e com Haddad foi resultado de um processo que começou em um primeiro contato para saber se ambos concordavam em assinar o documento, que em seguida foi encaminhado para análise de cada um. Bolsonaro assinou no Rio e Haddad em São Paulo.

“A ABI é talvez a mais longeva entidade da sociedade civil, está completando 110 anos em 2018. Nós, diante do peso da instituição e da idade que ela tem, nos achamos no dever de fazer uma carta compromisso para os candidatos [questionando] se eles concordavam em não mexer na Constituição”.

Segundo Meirelles, pairava sobre as duas candidaturas suspeitas de modificação na Carta Magna e como a ABI defende direitos humanos, as liberdades e garantias individuais, houve a avaliação de que os dois precisavam mostrar este compromisso. O presidente da ABI disse que ficou surpreso com a concordância imediata dos candidatos em assinar o documento.

“Eles não pediram para mexer em nada. Isso é que realmente surpreendente. Senti que eles estavam assinando com um certo alívio. É como se eles estivessem se livrando de um peso que carregassem nas costas. É essa a minha leitura”, disse.

Meirelles disse que a história da ABI pode ter levado à concordância imediata dos candidatos em assinar o documento. “Talvez pelo fato de ser uma entidade como a ABI, ela tem 110 anos, a própria história em defesa da liberdade, da democracia, que teve um papel importante na luta pelo restabelecimento do estado de direito. Talvez a soma de todos esses aspectos, eles não criaram nenhum tipo de objeção”, disse.

Cláusulas

O Termo de Compromisso tem três cláusulas. A primeira destaca o Título II da Constituição e os preceitos do Caput do Artigo 5º que trata da “inviolabilidade do direito à vida, à igualdade, à segurança e à propriedade”. Na segunda, o compromisso é de respeitar as cláusulas pétreas da Carta Magna, afastando por completo qualquer tipo de manobra ou artifício que viole ou produza preceitos contrários ao atual texto Constitucional. Na última, os candidatos ratificam e enfatizam seu pacto de assegurar os direitos à informação, à liberdade de expressão e, por conseguinte, à liberdade de imprensa.

O presidente da ABI acrescentou que o compromisso está firmado, mas não pode garantir que o eleito vá respeitar o documento. “É um compromisso moral e ético”, disse.

Fonte:EBC

O post Bolsonaro e Haddad assinam termo de compromisso à Constituição apareceu primeiro em O Quarto Poder.

Powered by WPeMatico

Faça um comentário

PT fracassa na tentativa de uma frente contra Bolsonaro

O PT ainda busca um rumo para reverter votos a favor do seu candidato, Fernando Haddad, e tentar bater Jair Bolsonaro (PSL), depois de admitir que a ideia de criar uma frente “em defesa da democracia” tem chances cada vez mais remotas de se concretizar.

De acordo com fontes ouvidas pela Reuters, a possibilidade de uma frente, como foi sonhada pelo PT nos primeiros dias do segundo turno, “morreu”. A pá de cal foi colocada por Cid Gomes, irmão do candidato do PDT, Ciro Gomes, em um evento do PT em Fortaleza. Provocado por um militante, Cid disse que o partido “fez muita besteira” e precisava admitir um mea culpa, ou iria perder merecidamente a eleição.

Nesta terça, um dos coordenadores da campanha, o senador eleito Jaques Wagner, chegou a dizer que desconhecia a ideia da frente, mesmo ele pessoalmente tendo sido encarregado de negociar com outros partidos.

A explosão de Cid deu ao PT o sinal definitivo de que não conseguirá colocar Ciro ao lado de Haddad em um palanque, como pretendia. O partido também conseguiu o apoio do PSB, mas até agora sem grandes atos de defesa de Haddad, e uma carta de apoio do grupo tucano Esquerda para Valer.

Depois da entrevista do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ao jornal “Estado de S. Paulo”, afirmando que havia uma “porta” para conversar com Haddad, o petista tentou um contato, mas o PT não tem esperanças de que do lado de FHC venha um apoio efetivo e entusiasmado.

“Não se pode cobrar apoio, não é uma obrigação. O que se devia fazer era pontos para dizer ‘eu me comprometo com isso’ e conversar em cima disso. Ficaria mais difícil apelar para o ‘eu não acredito no PT’”, disse uma fonte do conselho da campanha.

A explosão de Cid ajudou a pesar o clima no partido, somado com o resultado da pesquisa Ibope divulgada na segunda-feira (15), que deu 59 por cento dos votos válidos para Bolsonaro, contra 41 por cento para Haddad.

Segundo fontes, o partido esperava ver um movimento positivo nos índices de Haddad, o que não aconteceu. Ao contrário, o Ibope revelou ainda uma menor resistência a Bolsonaro entre os eleitores mais pobres e do Nordeste, tradicionalmente mais fiéis ao PT.

Resistência

Já há no PT quem dê o segundo turno como perdido, mesmo que a campanha tente passar um tom de otimismo. Uma das fontes ouvidas pela Reuters disse que Haddad precisaria criar “um fato muito forte” para conseguir reverter votos a seu favor, mas que não vê no horizonte o que poderia ser feito.

“A campanha pode sim virar votos até o final. Já ganhamos eleições nos últimos dias com diferenças tão grandes como essa, mas possivelmente vai ser insuficiente. Mas isso não importa”, disse uma das fontes. “Uma das hipóteses é já criar uma resistência. Temos que fortalecer desde já a resistência para esse governo de milicianos que pode vir por aí.”

Uma outra fonte ouvida pela Reuters reconhece que o clima na campanha não está bom e avaliou como “muito difícil” o petista reverter os mais de 10 milhões de votos necessários para vencer Bolsonaro.

A fonte disse que uma parcela muito significativa da população que ganha de 3 a 5 salários mínimos, dos quais 70 por cento são evangélicos, está votando no Bolsonaro e seria “muito difícil” converter essas pessoas porque a campanha nas igrejas tem sido forte.

“É a primeira vez que temos os principais bispos todos apostando em um único candidato”, comentou.

Ainda assim, a campanha vai tentar. Uma das estratégias decidida em reuniões nesta terça-feira é levar uma carta-compromisso a um encontro com bispos evangélicos na quarta, em que Haddad se compromete a não enviar ao Congresso projetos para liberação do aborto ou descriminalização das drogas.

Voltar às ruas

Um grupo de petistas do Nordeste vai propor ainda que Haddad volte às ruas, especialmente na região, onde calculam que ainda há votos para ganhar.

Desde o primeiro turno, Haddad tem levado a campanha para as redes sociais, competindo por espaço aí com Bolsonaro, dando entrevistas e feito eventos com grupos específicos, como sindicalistas e professores, para receber apoio.

“Precisamos criar um clima de campanha nas ruas. Ainda há votos para ganhar, teve muita abstenção na região, tem os eleitores dos candidatos que não estão mais no páreo”, avalia o senador Humberto Costa (PE).

O post PT fracassa na tentativa de uma frente contra Bolsonaro apareceu primeiro em O Quarto Poder.

Powered by WPeMatico

Faça um comentário

Zé Inácio agradece votos recebidos no Ma e reforça eleição de Haddad

O deputado Zé Inácio (PT) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (17), para agradecer os 31.603 votos recebidos no Maranhão e que garantiram sua reeleição.

O discurso foi um momento de agradecimento e reconhecimento por todo apoio que ele recebeu das lideranças políticas, municípios, militância do Partido dos Trabalhadores, juventude, militantes históricos do PT, e de apoiadores, que se uniram a ele para continuar na Assembleia realizando um mandato de luta, participativo e em defesa da classe trabalhadora, que representa o PT.

Zé Inácio reconheceu o apoio político das lideranças estaduais, entre vereadores, ex-vereadores, suplentes de vereadores, prefeitos, ex-prefeitos e vice-prefeitos. “E, em especial, à imprensa, ao Complexo de Comunicação da Casa, e aos jornalistas e blogueiros, que sempre divulgaram e fizeram com que o nosso trabalho, ao longo de quase quatro anos de mandato, fosse divulgado e difundido nos 217 municípios do Maranhão”, disse.

Ele também agradeceu à população dos 211 municípios do Maranhão onde obteve votos. “Sou muito grato a todos e nossa parceria continuará por mais quatro anos”, agradeceu.

Com votações expressivas e sendo o deputado mais votado em algumas regiões, Zé Inácio agradeceu os votos recebidos em municípios como Santa Luzia, onde teve o apoio da prefeita França do Macaquinho e onde foi o deputado mais votado da história da cidade, com mais de 5.500 mil votos. Também agradeceu à população de Sítio Novo, referindo-se ao prefeito João Piquiá. E mencionou ainda Paraibano, Bequimão, Santa Helena, Itinga, Governador Nunes Freire, João Lisboa, São Pedro da Água Branca, entre outros.

O deputado finalizou o discurso falando do segundo turno das eleições presidenciais. “Um candidato, Fernando Haddad, representa a democracia, o direito à liberdade, a garantia de direitos históricos conquistados pelo povo brasileiro. O outro, Bolsonaro, defende a intolerância e incita o ódio. Não tem propostas de governo. Sabe apenas disseminar a violência, um projeto que minimizará o país, privatizará estatais e entregará nossas riquezas”.

O post Zé Inácio agradece votos recebidos no Ma e reforça eleição de Haddad apareceu primeiro em O Quarto Poder.

Powered by WPeMatico

Faça um comentário

Na praça Maria Aragão, Osmar Filho participa da entrega de novos ônibus

O vereador e próximo presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar
Filho (PDT), esteve participando ao lado do prefeito Edivaldo de Holanda
Júnior, do ato onde foram entregues vários ônibus para a capital.

Atualmente a cidade possui 30% da frota com instalação de
ar-condicionado. O que significa a modernização do transporte público
ludovicense.
Em sua rede social destacou a importância do evento.

Segundo o parlamentar, a cidade ganha com mais esse ato do Executivo
Municipal. “A população sai ganhando com a ampliação da frota. O
prefeito está de parabéns pelo crescente desenvolvimento do transporte
de passageiros”, disse.

EM TEMPO

Após a chegado e ampliação da frota, a população passa a usufruir de um
serviço expressivamente com sistemas completos de refrigeração, e com a
aplicação de tecnologias aliadas a qualidade da frota.

Antes, a vida média de um coletivo era superior a dez anos. Após a
licitação feita pela Prefeitura os ônibus passaram a ter uma vida útil
de quatro anos e meio. Uma renovação avançada do equipamento urbano.(DM)

O post Na praça Maria Aragão, Osmar Filho participa da entrega de novos ônibus apareceu primeiro em O Quarto Poder.

Powered by WPeMatico

Faça um comentário

Vereador Marquinhos pede academia ao ar livre no Bairro Fumacê

O vereador Antônio Marcos Silva, o Marquinhos (DEM) apresentou
requerimento nº 308/18 pedindo à Mesa Diretora da Câmara Municipal de
São Luís (CMSL) que encaminhe oficio ao prefeito de São Luís, Edivaldo
Holanda Júnior (PDT), solicitando que determine a Secretaria Municipal
de Obras e Serviços Públicos (Semosp), a revitalização e implantação de
aparelhos de academia na Praça do Grêmio, no bairro Fumacê.

Em sua justificativa, o parlamentar destaca que o objetivo é oferecer
mais uma opção de lazer para a comunidade local. “Precisamos investir
mais na qualidade de vida da população. Quem pratica atividade física
regularmente está se prevenindo contra doenças ligadas ao sedentarismo”,
informou Marquinhos.

O líder do DEM na Casa afirmou ainda que essas academias são
importantes, pois tem por objetivo facilitar o acesso aos equipamentos
de ginástica com uso livre e gratuito, incentivando a prática de
atividade física por pessoas de todas as idades, com vistas à melhoria
da qualidade de vida da população.(IR)

O post Vereador Marquinhos pede academia ao ar livre no Bairro Fumacê apareceu primeiro em O Quarto Poder.

Powered by WPeMatico

Faça um comentário

Edson Gaguinho solicita recuperação asfáltica de avenida no bairro Janaína.

Atendendo ao pedido de moradores, o vereador Edson Gaguinho (PHS),
solicitou nesta segunda-feira (15), que seja executada em caráter de
urgência, a recuperação asfáltica da Avenida José Ribamar de Oliveira,
localizada no bairro Janaína. O pedido foi encaminhado para a Prefeitura
de São Luís e Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos.
De acordo com os moradores, os buracos que tomam conta da rua prejudicam
o tráfego de veículos, causando sérios prejuízos. O pedido feito pelo
vereador Edson Gaguinho foi encaminhado em regime de urgência e os
moradores esperam agora a recuperação das ruas.
“É importante a recuperação dessa via, pois os problemas comprometem o
fluxo de veículos, dificultam os deslocamentos, fazendo com que os
motoristas realizem manobras arriscadas, causando lentidão e ainda
prejuízo com seus veículos. Os moradores precisam viver em um local mais
adequado, com infraestrutura adequada. Tenho certeza que logo logo a sua
será asfaltada”, finalizou Edson Gaguinho.

O post Edson Gaguinho solicita recuperação asfáltica de avenida no bairro Janaína. apareceu primeiro em O Quarto Poder.

Powered by WPeMatico

Faça um comentário

”São 61 anos bem vividos”, diz Astro de Ogum ao ganhar homenagens pelo aniversário

Completando 61 anos, nesta terça-feira (16), e ainda cotado para
disputar mais uma eleição – pela Prefeitura de São Luís em 2020 -, o
presidente da Câmara Municipal, vereador Astro de Ogum (PR), recebeu no
final da manhã aliados políticos, diversos vereadores, assessores,
funcionários e amigos, na sala de reunião do legislativo, para os
cumprimentos de felicitações.

O chefe do Legislativo também parabenizado pelo deputado eleito Márcio
Jerry (PCdoB), seu aliado político. “Desejamos ao Astro de Ogum muita
saúde, paz e felicidade”, disse o parlamentar comunista que visitava a
Câmara para agradecer apoio do correligionário à sua eleição na capital
maranhense.


Depois que recebeu os parabéns, Astro de Ogum aproveitou para agradecer
as felicitações, afirmou que o momento era de agradecimento por mais um
ano de vida e agradeceu à sua equipe pela surpresa.

“Dia de agradecer pela minha vida, saúde e pessoas que me cercam. São 61
anos bem vividos. Grato por tudo que tenho, especialmente pela minha
família e amigos. Obrigado à minha equipe pela surpresa”, destacou.

A noite, além do tradicional jantar, foi oferecido a quem desfrutou de
sua companhia para comemorar com ele esse dia tão importante, a cabaça e
os tambores rufarão, no terreiro Ogum com Iansa, no bairro do Barreto,
para celebrar, também, Pomba Gira Rainha, guia do parlamentar, que
também é pai de Santo.(ICL)

O post ”São 61 anos bem vividos”, diz Astro de Ogum ao ganhar homenagens pelo aniversário apareceu primeiro em O Quarto Poder.

Powered by WPeMatico

Faça um comentário